Prevenção de acidentes de trabalho  

Os acidentes de trabalho afetam diretamente a produtividade das empresas e são responsáveis diretos no impacto financeiro da Previdência Social no Brasil.

Os acidentes de trabalho afetam diretamente a produtividade das empresas e, além de comprometer a saúde do colaborador,  são responsáveis diretos no impacto financeiro da Previdência Social no Brasil.

Como forma de diminuir este impacto e de mobilizar as empresas a diminuírem seus acidentes de trabalho foi instituído o FAP (Fator de Acidente Previdenciário, que é uma alíquota, que varia conforme o resultado da gestão de Saúde e Segurança de cada Empresa). Quanto melhor a gestão de saúde na empresa menor será o seu FAP e consequentemente reduzirá o valor que a empresa contribuirá para o INSS.

Abaixo seguem algumas informações importantes para redução de acidentes do trabalho:

Inicialmente deve-se fazer um estudo para ter conhecimento sobre  as principais causas de afastamento e acidentes na empresa. Associado a esse estudo algumas ações precisam ser implementadas imediatamente, tais como:

  1. Treinar adequadamente líderes e encarregados para que estes consigam treinar sua equipe na utilização correta de maquinas e equipamentos.
  2. Manter o funcionário atualizado sobre a forma correta de utilizar os EPI’s
  3. Manter manual de instrução para as atividades de risco
  4. Definir políticas claras de saúde e segurança no trabalho visando principalmente evitar a ocorrência de acidente de trabalho, e, em caso de acontecimento dessa natureza minimizar os efeitos desse acidente.
  5. Manter uma política de apoio aos trabalhadores afastados
  6. Gerenciamento dos trabalhadores afastados
  7. Investir em controle e prevenção.
  8. Respeitar as particularidades e culturas de acordo com a região onde se encontra as filiais da empresa, pois a comunicação deve ser direcionada conforme a cultura. Muitas empresas não conseguem se comunicar corretamente com seus funcionários porque adota uma única metodologia de comunicação para públicos completamente diferentes
  9. Revisar os equipamentos e EPI’s periodicamente
  10. Programar manutenção preventiva de máquinas e equipamentos
  11. Programar Palestras de Prevenção de Acidentes
  12. Unificar os procedimentos de saúde e segurança na empresa
  13. Práticas de qualidade de vida
  14. Ginástica laboral
  15. Criar agenda de exames periódicos
  16. Criar agenda de apoio a prevenção de acidentes
  17. Aprimorar as políticas internas de segurança ocupacional
  18. Criar a cultura da segurança no trabalho
  19. Envolver a família do trabalhador na segurança do trabalho
  20. Manter um sistema de gestão da SSOda empresa

Fonte: http://www.saudeocupacionalsp.com.br/prevencao-acidentes-do-trabalho.html